03 outubro 2010

Entre anônimos

          "Lembra quando costumava ser apenas nós dois? Lembra quando me prometeu os meus dias mais felizes? E você, de fato, os deu. Foram os mais felizes, mas você está lá, em todos eles, e não está aqui, agora. Você lembra quando disse que ia definir o amor com o meu nome no dicionário? Quando pedi um sorriso e você me deu um abraço apertado, como se não quisesse me perder? Das promessas que fizemos juntos, olhando nos olhos? Das palavras que me falava antes do 'bom dia' ou do 'boa noite'? São tantas as lembranças que nem mesmo pude me obrigar a dizer todas, porque não aguentaria vivê-las novamente. Eu realmente acreditei e agora dói me dar conta de que foram apenas palavras. Eu nem sei mais se foram ditas por você mesmo ou por outra pessoa, a que verdadeiramente está aí dentro de você. Obrigada pelo anonimato. Foi melhor pra mim saber que eu não te conhecia.

 Assinado,
um outro alguém."

0 recados:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

(Re)inventando © 2010

Blogger Templates by Splashy Templates