24 novembro 2010

Adormecidos sonhos

Alguns dos maiores sonhos estão escondidos entre as fantasias da mente, na expressão do esquecer. Então chega a realidade áspera, assustando a menor delas de uma vez. E num viver apressado, perguntam-se se dará tempo de acompanhar todo o esplendor do novo mundo na memória, sem riscos de se perder. Um estranho estado de espiríto, que irrompe das profundezas para a luz ofuscantemente ininterrupta, é triste o suficiente para mais sonhos aparecerem. Mas se perguntam, durante os últimos segundos insistentes, se irão voltar um dia para a ativa; vão voltar a dormir, desta vez para sempre, e mergulhar no mais profundo dos sonhos.

0 recados:

Postar um comentário

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...
 

(Re)inventando © 2010

Blogger Templates by Splashy Templates